viernes, 24 de julio de 2015

Hermanas



Hermanas

Venimos de las mismas raíces,
de las mismas aguas, 
de la misma tierra
y del mismo útero.

Somos hijas de la luna
somos hijas de la Diosa
 somos hijas de mamá

No somos iguales
pero nos parecemos

No siempre concordamos
pero nos entendemos

No estamos cerca 
pero nos sentimos.

Somos hijas de la luna
somos hijas de la Diosa
y somos hijas de mamá

Cada una es cada una,
y no siempre nos podemos  abrazar
pero nuestros troncos invisibles
 estarán siempre juntos
pulsando esta hermandad.



Para mi hermana Juana 
desde mis raices

Juliaro


Texto e imagen ©Juliaro 
Todos los derechos reservados



jueves, 16 de julio de 2015

Lua nova em cancer

Eu e você, você e eu, nos duas em eterna conexão.
Te amo minha preta linda!

15 de julho 2015- Lua nova em Câncer- 

é nois Cancerianos!

Imagem Juliaro Arte

viernes, 19 de junio de 2015

lunes, 15 de junio de 2015

Wallpappers Juliaro de regalo!!

1a Cumbre Hispanoamericana

LUNACUP TE INVITA A PRESENCIAR LA

VOZ DE 10 MUJERES

DEDICADAS AL ESTUDIO DE LA CULTURA MENSTRUAL DE HISPANOAMÉRICA.

ESTAS SON LAS VIDEO-CONFERENCIAS

PONENCIAS DISPONIBLES LAS 24 HORAS DEL 15 AL 21 DE JUNIO 2015
http://lunacup.mx/cultura-menstrual/video-conferencias-2/


y estos son mis regalos

Desde el útero Arte menstrual de Juliaro

Complete el formulario, reciba las novedades de Juliaro y acceda a los links de descarga de los wallpapers GRATUITOS DE ARTE MENSTRUAL.




Sou todo ser : nova logo criada por Juliaro


Sentada debaixo da árvore sagrada em profunda meditação e conexão com todo o Universo, 
desperto o Sagrado Feminino, 
iluminando as partes sombrias 
a medida que entro em fusão com o meu Ser mais verdadeiro. 

Com a consciência ampliada reconheço as quatro Deusas que habitam meu interior.

Estou centrada e equilibrada, em meu eixo, assim como a árvore.

Da base da minha coluna e das plantas dos meus pés me ancoro com a Mãe Terra,
através das raízes que me conectam com minhas ancestrais,
uma a uma, geração a geração até perceber que somos parte da mesma família.

Do topo da cabeça até as pontas dos meus cabelos esvoaçantes ascendo até o Pai Céu,
conectando-me com o infinito.

Com a mão esquerda elevada recebo de todo o Universo
as energias divinas e das fases da Lua,
e com a mão direita para baixo oferto os dons adquiridos,
dentro do meu ventre e por toda a Terra,
dando continuidade ao constante fluxo de dar e receber.

Cercada de flores, vejo beleza, alegria e amor em tudo,
em todas as estações,
em todos os ciclos
e me sinto amparada e acolhida.

Essa Mulher Sou Eu,
Essa Deusa É Você,
Somos Todas Nós
que decidimos despertar do sono
e restaurar a Divindade Feminina.

Alegres por poder partilhar dos nossos sonhos com vocês,

Camila e Danielle

http://www.soutodoser.blogspot.in/2015/06/logo-sou-todo-ser.html

https://www.facebook.com/SouTodoSer?fref=nf


miércoles, 20 de mayo de 2015

Arte menstrual - Desde el útero teaser video

 

Teaser del Video ideado y realizado por Julia Larotonda ©Juliaro para la primer Cumbre hispanoamericana por la cultura menstrual.

De manera poética y delicada Juliaro nos presenta sus obras de arte menstrual y nos enseña a pintar con esta técnica de expresión.

link para compartir



15 al 21 de junio 
EVENTO ON LINE
Inscribase y participe gratuitamente 
 de todas las video conferencias



jueves, 14 de mayo de 2015

#NiUnaMenos


Porque el arte tambíen es política.
Me sumo.
BASTA DE FEMINICIDIOS!

Juliaro

En medio de una trágica seguidilla de crímenes vinculados con la violencia de género, un grupo de activistas y personajes reconocidos organizó una marcha para pedirle a las autoridades respuestas frente al crecimiento de los femicidios en la Argentina.
La concentración será el miércoles 3 de junio a las 17 horas en el Congreso Nacional. (Buenos aires Argentina)

jueves, 23 de abril de 2015

A primeira mulher- Conto Miranda Gray

A história da Primeira Mulher contada por Miranda. Ilustrações Juliaro

Na nossa menstruação mora um segredo - o poder criativo de gerar nossos sonhos.
Mas só poderemos acessar essa habilidade maravilhosa se descansarmos e sonharmos durante o sangramento lunar.

Este mês, prometa a si mesma que vai descansar, para sonhar acordada o seu futuro e honrar essa habilidade criativa maravilhosa do seu interior.


'A Anciã Invernal estava sentada numa grande pedra fumando seu cachimbo.

‘O que a senhora está fazendo?’, perguntou a Primeira Mulher, curiosa, porque a Anciã Invernal não havia se movido da pedra durante toda a manhã.

Estou criando’, disse a Anciã Invernal.

‘Oh’, disse a Primeira Mulher, olhando ao redor cheia de expectativa. ‘O que está criando?’

‘Fumaça’, disse a Anciã Invernal, olhando a fumaça que lentamente emergia do cachimbo. 


‘Ok então’, disse a Primeira Mulher, hesitante, e começou a afastar-se.

Quando a Primeira Mulher já tinha ido embora, Anciã Invernal disse baixinho: ‘Na fumaça, vejo e crio o futuro’.

Mais tarde, a Primeira Mulher compartilhou esse encontro estranho com a Moon Mother.

Na escuridão do seu Sangramento Lunar’, explicou a Moon Mother, ‘você tem o poder de criar seus sonhos como a Anciã Invernal’.


Moon Mother toca o coração da Primeira Mulher.
‘Imagine seus sonhos aqui’, ela disse, ‘abra seu coração e a vibração fluirá através dos fios que mantêm o Universo unido para criar seus sonhos e o seu futuro. Por isso o momento do seu Sangramento Lunar é tão importante. É quando a Anciã Invernal caminha contigo e te leva para a caverna para descansar e sonhar.’

Moon Mother tocou o ventre da Primeira Mulher.
‘Aqui’, ela disse, ‘você flui com a energia criativa. Você traz suas ideias da escuridão para a luz e, como uma mãe, você as nutre enquanto vão crescendo. Antes de retornar à escuridão para descansar, você as lança ao mundo e assim poderá sonhar de novo.’

A Primeira Mulher sentou o resto da noite com as suas mãos no baixo ventre, olhando a fumaça que emergia da lareira, imaginando o futuro e tecendo seus sonhos.'

Quando respeitamos nossos ciclos com suas energias sexuais e criativas, descobrimos os presentes maravilhosos que eles nos oferecem.

Amor e abraços,
Miranda 

fonte: http://ymlp.com/zWGsQ6#Miranda'snote